O que fazemos
Belo Horizonte/MG
Salvador/BA
Juazeiro/BA
Sto Amaro-São Paulo/SP
Centro Vocacional Oblata
Acompanhamento Vocacional
Depoimentos
Divulgação
Países
Sobre Padre Serra
Abertura do Bicentenário
No Brasil
Artigos
Pesquisas
VII Encontro -2009
VIII Encontro - 2010
IX Encontro - 2011
Tráfico de Pesssoas
Encontro da Rede
Unidades Oblatas
Capítulo Provincial
Seminário
Comunicação
Encontro da Rede Oblata
Projetos Mundo
Projetos Brasil
Diga NÃO à violência contra Mulher
Capacitação
Outros
Comunidades
Comemorações
Cirandas Parceiras
Projetos Oblatas
Compartilhai
Jornal da Rede Pastoral Oblata
Pastoral da Mulher de Belo Horizonte - MG
Pastoral da Mulher de Juazeiro - BA
Economia Solidária
Tráfico de Seres Humanos
Prostituição
Violência Contra a Mulher
Jornal da Rede
Comunidade
Celebrações
Cursos
Oficinas
Sensibilização
Igreja do Brasil
Cidadania
Direitos Humanos
Gênero
Projetos Pastorais
Cultura
Igualdade

Reflexão em forma de poesia.

Fernanda Priscila, da casa de Formação das Oblatas, em Belo Horizonte, mostra seus trabalhos com a temática da mulher.

SALMO DA MULHER

Queremos hoje revisitar nossa história
Ir ao encontro da tantas vidas
Fazer hoje memória
De nosso suor, nossos cansaços, nossa lida

Bendizemos-te Senhor
Pois viestes, se achegastes bem próximo de nosso clamor
O choro de Agar não te passou despercebido
O sonho de Sara ecoou em seu ouvido

Bendigo hoje ó Mulher
Minha irmã e companheira
Nossas indas e vindas
Nosso subir e descer ladeiras

Recordamos nossas lutas pela vida
Juntamente com Séfora e as parteiras
De mãos dadas com Miriam e Débora
Cantamos nossas conquistas e vitórias

És tu ó Rute, És tu ó Noemi
Que nos ensinam a inovar
Aprendemos o sentido da teimosia
És tu ó Ana, que em sua tristeza nos ensina à Deus clamar

Diante da violência que nos agride
Unimos nossos prantos aos teus Tamar
E com Judite e Ester
Vamos aprendendo a denunciar

Bendizemos-te hoje ó Deusa nossa
Agradecemos-te ó Trindade Santa
Pela ousadia de tantas mulheres
Guerreiras e companheiras nossas

Com Maria e Isabel
Madalena e Priscila
Com nossas irmãs encurvadas
E tuas discípulas fiéis

Neste dia manifestamos nossas dores
E também tocamos nossos tambores
Para aclamar as tecelãs
Que conscientes de seus direitos
E lutando pelos mesmos não permitiram que fossem apagados
Seus corpos sim foram queimados
Mas sua coragem nos fortalece
E aquece. Ah, como aquece
Nosso desejo de continuar
De não deixar a esperança acabar

Bendizemos-te Senhor
Por Anita Garibaldi, Chiquinha Gonzaga
Por Antonia e Teresa
Pelas Joaquinas e Edites...

Agradecemos-te ó Trindade
Pelas mulheres de profecia
Mulheres de nossos tempos
Contigo bendizemos ó Ir. Dorothy

Unimos nossas vozes
Às mulheres cotidianas de nossas vidas
E demãos dadas com as Joanas, Paulas, Vânias, Biancas
Somamos nossas forças
Com elas e nelas encontramos sentido
Em nós e conosco mesmas encontramos vida.

Graças à Ti Senhor
Graças à Ti nosso Deus
Nosso único Fio condutor.

Fernanda Priscila

Voltar 


fevereiro 2018
 DSTQQSS
S    123
S45678910
S11121314151617
S18192021222324
S25262728   









 

Busca:
 

Na sua opinião, por que as mulheres estão curtindo sexo anal?

 
 

 


Home . Apresentação . Histórico . Mística . Missão . Cadastre-se . Localização . Links . Trabalhe Conosco . Contato
Copyright 2006 – Instituto das Irmãs Oblatas do SSmo Redentor - Todos os Direitos Reservados
fale conosco: info@oblatas.org.br Tel: 11 2673-9069