O que fazemos
Belo Horizonte/MG
Salvador/BA
Juazeiro/BA
Sto Amaro-São Paulo/SP
Centro Vocacional Oblata
Acompanhamento Vocacional
Depoimentos
Divulgação
Países
Sobre Padre Serra
Abertura do Bicentenário
No Brasil
Artigos
Pesquisas
VII Encontro -2009
VIII Encontro - 2010
IX Encontro - 2011
Tráfico de Pesssoas
Encontro da Rede
Unidades Oblatas
Capítulo Provincial
Seminário
Comunicação
Encontro da Rede Oblata
Projetos Mundo
Projetos Brasil
Diga NÃO à violência contra Mulher
Capacitação
Outros
Comunidades
Comemorações
Cirandas Parceiras
Projetos Oblatas
Compartilhai
Jornal da Rede Pastoral Oblata
Pastoral da Mulher de Belo Horizonte - MG
Pastoral da Mulher de Juazeiro - BA
Economia Solidária
Tráfico de Seres Humanos
Prostituição
Violência Contra a Mulher
Jornal da Rede
Comunidade
Celebrações
Cursos
Oficinas
Sensibilização
Igreja do Brasil
Cidadania
Direitos Humanos
Gênero
Projetos Pastorais
Cultura
Igualdade

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Semana nacional de mobilização pelo Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas

O núcleo de São Paulo da Rede “Um Grito pela Vida” participou de um debate promovido pela OAB/SP.

A Semana Nacional de Mobilização pelo Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas tem sua origem na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) celebrada o dia 14 de Novembro de 2013.  Nessa Assembleia se institui o dia 30 de Julho como Dia Mundial de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas.

Os escritórios das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) e os estados que aderiram a Campanha Coração Azul, se propuseram realizar, nessa data, em diversos países, ações de grande visibilidade e alerta contra ao Tráfico Humano.

A partir dos dias 28 de Julho ao 1° de Agosto aconteceram várias ações nas diferentes regiões do país. Na Região Sudeste as ações se multiplicaram, sobretudo no Rio de Janeiro e Minas Gerais que aderiram à Campanha Coração Azul. Em São Paulo, apesar de não se ter construído uma agenda em conjunto com dita Campanha, aconteceram debates, caminhadas, conferências, dentre outras promovidas por diferentes entidades do Poder Público e da Sociedade civil.

O núcleo de São Paulo da Rede “Um Grito pela Vida” participou no dia 30 de julho de um debate promovido pela OAB/SP e a Secretaria de Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo - Programas de Enfrentamento ao tráfico de Pessoas, Erradicação do Trabalho Escravo e Refúgio. O objetivo do mesmo foi dar visibilidade à exploração crescente através do tráfico de pessoas nas suas diferentes modalidades.

O foco principal foi na exploração sexual através da prostituição, diferenciando entre essa modalidade feita por pessoas adultas de espontânea e livre vontade e o tráfico. Quanto ao exercício da prostituição abriu-se um debate que se propõe desvendar uma realidade carregada de muita hipocrisia e com uma lacuna na garantia de direitos destas pessoas quase desde Antiguidade. “Chama-se a profissão mais antiga do mundo e a garantia de direitos ficou na pré-história”, frisa um participante. Os/as palestrantes salientaram que se tenta fazer um debate despido de preconceitos moralistas e religiosos com exceção da prostituição realizada livremente, do estigma e do preconceito milenar, que só abrange as mulheres e as pessoas em situação de vulnerabilidade. Estamos conscientes também que melhorando a legislação ou incluindo-a como um trabalho, não resolve totalmente o problema do crescimento sem precedentes da exploração sexual de pessoas. Mas, segundo todas e todos os palestrantes advogados/as, tendo uma legislação que garanta seus direitos, poderemos dar passos mais sólidos quanto à humanização dessas pessoas.

Ir. Manuela Rodríguez Piñeres (OSR)

Núcleo da Rede Um grito pela Vida - São Paulo


 

Voltar 


agosto 2018
 DSTQQSS
S   1234
S567891011
S12131415161718
S19202122232425
S262728293031 









 

Busca:
 

Na sua opinião, por que as mulheres estão curtindo sexo anal?

 
 

 


Home . Apresentação . Histórico . Mística . Missão . Cadastre-se . Localização . Links . Trabalhe Conosco . Contato
Copyright 2006 – Instituto das Irmãs Oblatas do SSmo Redentor - Todos os Direitos Reservados
fale conosco: info@oblatas.org.br Tel: 11 2673-9069