O que fazemos
Belo Horizonte/MG
Salvador/BA
Juazeiro/BA
Sto Amaro-São Paulo/SP
Centro Vocacional Oblata
Acompanhamento Vocacional
Depoimentos
Divulgação
Países
Sobre Padre Serra
Abertura do Bicentenário
No Brasil
Artigos
Pesquisas
VII Encontro -2009
VIII Encontro - 2010
IX Encontro - 2011
Tráfico de Pesssoas
Encontro da Rede
Unidades Oblatas
Capítulo Provincial
Seminário
Comunicação
Encontro da Rede Oblata
Projetos Mundo
Projetos Brasil
Diga NÃO à violência contra Mulher
Capacitação
Outros
Comunidades
Comemorações
Cirandas Parceiras
Projetos Oblatas
Compartilhai
Jornal da Rede Pastoral Oblata
Pastoral da Mulher de Belo Horizonte - MG
Pastoral da Mulher de Juazeiro - BA
Economia Solidária
Tráfico de Seres Humanos
Prostituição
Violência Contra a Mulher
Jornal da Rede
Comunidade
Celebrações
Cursos
Oficinas
Sensibilização
Igreja do Brasil
Cidadania
Direitos Humanos
Gênero
Projetos Pastorais
Cultura
Igualdade

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Pastoral da Mulher de BH realiza curso de fotografia

O objetivo é aprender técnicas básicas de fotografia e promover o protagonismo feminino e a autoestima.

Na última terça feira, (15), a Pastoral da Mulher de Belo Horizonte, Unidade Oblata em Minas Gerais, realizou no Centro Loyola  a 1ª Oficina do Curso de Fotografia, atividade que faz parte do Projeto Diálogos Pela Liberdade , em parceria com Misereor e a SCCE (Irmãs do Sagrado Coração de Maria)

O Curso de fotografia, que tem por titulo “Enxergar o mundo com outros olhos", pretende utilizar a fotografia como ferramenta para estimular o olhar feminino sobre o contexto onde vive e trabalha.  O Hipercentro de BH, particularmente o quadrilátero formado pelas ruas Guaicurus, Caetés, São Paulo e Rio de Janeiro, (a Zona grande) tem sofrido muito o preconceito e o abandono das autoridades. Trata-se de mostrar o ponto de vista das mulheres que trabalham nesta região, as quais serão instigadas a usar a criatividade para mostrar um novo olhar de dentro desta área.

O objetivo é  aprender  técnicas básicas de fotografia  e  promover o protagonismo feminino e a autoestima, além de apresentar, no segundo semestre,  as melhores fotos em uma exposição que terá com propósito sensibilizar a sociedade e enfrentar o preconceito que sofrem as mulheres que exercem a prostituição.

Este curso, gratuito para todas as mulheres que batalham no hipercentro, é ministrado pelo fotógrafo, e voluntário jesuíta na nossa Entidade, Carlos Peñafiel, e terá uma duração de três meses. O professor insistiu na importância da imaginação e da intuição e de buscar um ângulo, uma história, um enquadramento que ninguém está vendo. Também defendeu que não é necessário equipamentos caros para fotografar bem, “você consegue fazer uma foto surpreendente com uma câmera de celular”, afirma.

A turma de iniciantes nesta arte já era acostumada a fotografar seus familiares, a natureza. O desafio que enfrentarão agora é se apropriar das técnicas da fotografia e lançar um novo olhar para seu dia a dia. Nesta primeira Oficina, após exposição teórica, as participantes foram obter imagens para expressar seu modo de captar a realidade no  interior e no exterior do Centro Loyola, um espaço com belas obras de arte e com áreas verdes e ambientes  arborizados. As fotos das participantes foram apresentadas e discutidas, selecionando  aquelas que expressavam melhor o ser de cada uma. Vejam abaixo, algumas delas:


Fonte: Pastoral da Mulher de Belo Horizonte

Voltar 


maio 2018
 DSTQQSS
S  12345
S6789101112
S13141516171819
S20212223242526
S2728293031  









 

Busca:
 

Na sua opinião, por que as mulheres estão curtindo sexo anal?

 
 

 


Home . Apresentação . Histórico . Mística . Missão . Cadastre-se . Localização . Links . Trabalhe Conosco . Contato
Copyright 2006 – Instituto das Irmãs Oblatas do SSmo Redentor - Todos os Direitos Reservados
fale conosco: info@oblatas.org.br Tel: 11 2673-9069