O que fazemos
Belo Horizonte/MG
Salvador/BA
Juazeiro/BA
Sto Amaro-São Paulo/SP
Centro Vocacional Oblata
Acompanhamento Vocacional
Depoimentos
Divulgação
Países
Sobre Padre Serra
Abertura do Bicentenário
No Brasil
Artigos
Pesquisas
VII Encontro -2009
VIII Encontro - 2010
IX Encontro - 2011
Tráfico de Pesssoas
Encontro da Rede
Unidades Oblatas
Capítulo Provincial
Seminário
Comunicação
Encontro da Rede Oblata
Projetos Mundo
Projetos Brasil
Diga NÃO à violência contra Mulher
Capacitação
Outros
Comunidades
Comemorações
Cirandas Parceiras
Projetos Oblatas
Compartilhai
Jornal da Rede Pastoral Oblata
Pastoral da Mulher de Belo Horizonte - MG
Pastoral da Mulher de Juazeiro - BA
Economia Solidária
Tráfico de Seres Humanos
Prostituição
Violência Contra a Mulher
Jornal da Rede
Comunidade
Celebrações
Cursos
Oficinas
Sensibilização
Igreja do Brasil
Cidadania
Direitos Humanos
Gênero
Projetos Pastorais
Cultura
Igualdade

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Monitoria semestral é realizada na Pastoral de BH

Este momento avaliativo trata da coleta sistemática e análise da informações.

Contando com a presença da Ir. Lucia Alves da Cunha, Vice Provincial das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor (Província Santíssimo Redentor), aconteceu na última segunda-feira, 27 de junho, na sede da Pastoral da Mulher de Belo Horizonte, a monitoria semestral dos Projetos Oblatas.

Este momento avaliativo, do processo vivenciado no 1º semestre, trata da coleta sistemática e análise da informação de como os projetos progridem, foi realizado para melhorar a eficiência e a eficácia dos projetos, possibilitando identificar quando as ações não estão seguindo corretamente. Além disso, observa-se se os recursos estão sendo bem utilizados e se serão suficientes para o que está sendo feito. Avalia também se a capacidade de trabalho tem sido suficiente e apropriada, bem como, se estão realizando o que foi planejado.

 Primeiramente foi debatida a análise de conjuntura apresentada, onde se estudaram as mudanças percebidas ultimamente nos aspectos: socioeconômico, violência de gênero, compreensão da sexualidade na cultura atual e indústria do sexo em Belo Horizonte. Posteriormente foram monitorados os 4 projetos desenvolvidos pela nossa Instituição neste ano de 2016: Abordagem, Acolhida, Afirmação de Cidadania e Sensibilização Social.

Entre os aspectos mais destacados neste primeiro semestre, cabe destacar:

· O grande aumento de mulheres nos diversos atendimentos da Pastoral.  84 delas  conheceram este ano por vez primeira nossa Entidade;

· A faixa etária da imensa maioria das mulheres que frequentam a Pastoral vai dos 20 aos 39 anos. Bem diferente do que acontecia poucos anos atrás quando a maioria estava entre os 35 e 50 anos;

· O sucesso da auriculoterapia. O método é bastante eficiente e adequado às características de nosso público, especialmente por não ser necessário dispor de muito tempo para o tratamento e pela rápida melhora das queixas iniciais. Facilita também a abordagem de problemas emocionais e o acompanhamento psicológico;

· Os bons resultados do curso de cuidadoras de idosos e do curso de cabeleireira, que têm chamado a atenção de muitas alunas que concluíram satisfatoriamente estas capacitações, e já tem mais fácil acesso ao mercado de trabalho;

· O crescimento em protagonismo e afirmação de cidadania das mulheres que compõem nosso grupo “As filhas da Luta”;

· A excelente acolhida entre as mulheres atendidas através dos instrumentos de comunicação, particularmente a revista em quadrinhos (mangá) ”As garotas de hotel”, a cartilha de segurança;

· Menção especial merece a inovação este ano, em matéria de comunicação com as mulheres: o whatssap.  Um instrumento muito útil tanto para avisar e comunicar os diferentes eventos da Pastoral quanto para fortalecer o vínculo e melhorar o acompanhamento delas.  Esta rede social está ajudando.





Fonte: Pastoral da Mulher de Belo Horizonte

Voltar 


junho 2018
 DSTQQSS
S     12
S3456789
S10111213141516
S17181920212223
S24252627282930









 

Busca:
 

Na sua opinião, por que as mulheres estão curtindo sexo anal?

 
 

 


Home . Apresentação . Histórico . Mística . Missão . Cadastre-se . Localização . Links . Trabalhe Conosco . Contato
Copyright 2006 – Instituto das Irmãs Oblatas do SSmo Redentor - Todos os Direitos Reservados
fale conosco: info@oblatas.org.br Tel: 11 2673-9069