O que fazemos
Belo Horizonte/MG
Salvador/BA
Juazeiro/BA
Sto Amaro-São Paulo/SP
Centro Vocacional Oblata
Acompanhamento Vocacional
Depoimentos
Divulgação
Países
Sobre Padre Serra
Abertura do Bicentenário
No Brasil
Artigos
Pesquisas
VII Encontro -2009
VIII Encontro - 2010
IX Encontro - 2011
Tráfico de Pesssoas
Encontro da Rede
Unidades Oblatas
Capítulo Provincial
Seminário
Comunicação
Encontro da Rede Oblata
Projetos Mundo
Projetos Brasil
Diga NÃO à violência contra Mulher
Capacitação
Outros
Comunidades
Comemorações
Cirandas Parceiras
Projetos Oblatas
Compartilhai
Jornal da Rede Pastoral Oblata
Pastoral da Mulher de Belo Horizonte - MG
Pastoral da Mulher de Juazeiro - BA
Economia Solidária
Tráfico de Seres Humanos
Prostituição
Violência Contra a Mulher
Jornal da Rede
Comunidade
Celebrações
Cursos
Oficinas
Sensibilização
Igreja do Brasil
Cidadania
Direitos Humanos
Gênero
Projetos Pastorais
Cultura
Igualdade

terça-feira, 6 de setembro de 2016

Cirandas Parceiras aborda a Legislação dos Direitos das Mulheres

O encontro das Cirandas Parceiras de agosto, realizado pelo projeto Oblata Força Feminina, abordou a aplicação da legislação municipal dos direitos das mulheres, projetos de lei associados e dados sobre violência.

No dia 31 de agosto, o projeto Força Feminina realizou o encontro das Cirandas Parceiras com o tema "A legislação dos Direitos das Mulheres", mediado por Iris Dourado, advogada e analista da Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher.  Por meio de uma explanação clara sobre a competência de Comissão instituída na Câmara,  a temática foi discutida com maestria e com interação das pessoas presentes. A aplicação da legislação municipal; a apresentação de projetos de lei ligados aos direitos da mulher e a exemplicação de dados sobre a violência sofrida por este público foram os principais assuntos abordados.



Ademais, foram apresentados dados preocupantes que trazem os últimos registros analisados em 2013, mostrando que 106.000,93 mulheres foram assassinadas no Brasil e que 40% destes crimes foram cometidos por parceiros íntimos. Nesse contexto, diante de tais registros, o encontro resultou em um debate bastante pertinente e que apresentou o machismo como um problema histórico e, consequentemente, responsável por esta realidade.

Convém ressaltar que este espaço de encontro tem fortalecido as parcerias da Unidade Oblata de Salvador e trazido formação sobre temas de relevância social, o que amplia as discussões centrais da nossa ação de trabalho junto à rede assistencialista. Além disso, também ratifica a importância de unificar forças para galgarmos a redução dos dados alarmantes de feminicídio no Brasil.

 

Fonte: Projeto Oblata Força Feminina

Voltar 


maio 2018
 DSTQQSS
S  12345
S6789101112
S13141516171819
S20212223242526
S2728293031  









 

Busca:
 

Na sua opinião, por que as mulheres estão curtindo sexo anal?

 
 

 


Home . Apresentação . Histórico . Mística . Missão . Cadastre-se . Localização . Links . Trabalhe Conosco . Contato
Copyright 2006 – Instituto das Irmãs Oblatas do SSmo Redentor - Todos os Direitos Reservados
fale conosco: info@oblatas.org.br Tel: 11 2673-9069