O que fazemos
Belo Horizonte/MG
Salvador/BA
Juazeiro/BA
Sto Amaro-São Paulo/SP
Centro Vocacional Oblata
Acompanhamento Vocacional
Depoimentos
Divulgação
Países
Sobre Padre Serra
Abertura do Bicentenário
No Brasil
Artigos
Pesquisas
VII Encontro -2009
VIII Encontro - 2010
IX Encontro - 2011
Tráfico de Pesssoas
Encontro da Rede
Unidades Oblatas
Capítulo Provincial
Seminário
Comunicação
Encontro da Rede Oblata
Projetos Mundo
Projetos Brasil
Diga NÃO à violência contra Mulher
Capacitação
Outros
Comunidades
Comemorações
Cirandas Parceiras
Projetos Oblatas
Compartilhai
Jornal da Rede Pastoral Oblata
Pastoral da Mulher de Belo Horizonte - MG
Pastoral da Mulher de Juazeiro - BA
Economia Solidária
Tráfico de Seres Humanos
Prostituição
Violência Contra a Mulher
Jornal da Rede
Comunidade
Celebrações
Cursos
Oficinas
Sensibilização
Igreja do Brasil
Cidadania
Direitos Humanos
Gênero
Projetos Pastorais
Cultura
Igualdade

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Mulheres participam de Encontro Formativo em Belo Horizonte

Cidadania, Direitos e Trajetória

No dia 29 de setembro, no Acampamento Shalom (Sabará/MG), o Projeto Diálogos pela Liberdade promoveu um dia de formação, avaliação e espiritualidade com as mulheres atendidas.


O encontro no Acampamento Shalom teve dois objetivos:

1- Formação sobre direitos e cidadania;

2- Avaliação das atividades e atendimentos do Projeto Diálogos pela Liberdade na trajetória da vida de cada participante.

As mulheres se manifestaram e compartilhamos aqui algumas das frases ditas pelas participantes:

“A Pastoral sempre esteve com as portas abertas pra mim”.

“A Pastoral nunca fecha as portas pra gente. Aceita a gente como a gente é”.

“Foi na Pastoral que eu comecei a me amar e respeitar como ser humano.”

“A Pastoral trata a gente diferente, com amor e respeito. Não discrimina, nem tem preconceito. Trata a gente como ser humano com dignidade”.

“No grupo de Mulheres Filhas da luta, a gente está aprendendo que todas nós somos mulheres guerreiras, que nossas ancestrais lutaram muito para que hoje a gente pudesse está aqui lutando por direitos e respeito. Hoje a gente pode sim levantar a cabeça e continuar caminhando com dignidade”.

“Antes da gente saber que temos direitos, precisamos ter autoestima. Eu posso dizer, sem sombras de dúvidas, que foi na Pastoral que eu comecei a me sentir acolhida, respeitada e amada como eu sou”.

Depois de um delicioso almoço, as participantes tiveram a oportunidade de tirar fotos no ambiente encantador e cantar com o auxílio musical de Iracema (voluntária das Irmãs do Imaculado Coração de Maria). Terminamos o dia fazendo uma grande ciranda louvando e agradecendo a Deus por tudo que criou e nos presenteou.


Finalizamos com o poema de Orquídea R.P - Mulher assistida pelo Projeto Oblata Diálogos pela Liberdade/BH.


“Várias mentes em busca da justiça.

Várias mentes em busca do sol.

Esse sol que brilha em nosso olhar é o desejo pela justiça social.

Essa sede que nos consome não pode ser saciada pelas águas dos rios.

É sede de justiça e de igualdade para todos/as”.


 

Fonte: Projeto Oblata BH - Diálogos pela Liberdade

Voltar 


novembro 2018
 DSTQQSS
S    123
S45678910
S11121314151617
S18192021222324
S252627282930 









 

Busca:
 

Na sua opinião, por que as mulheres estão curtindo sexo anal?

 
 

 


Home . Apresentação . Histórico . Mística . Missão . Cadastre-se . Localização . Links . Trabalhe Conosco . Contato
Copyright 2006 – Instituto das Irmãs Oblatas do SSmo Redentor - Todos os Direitos Reservados
fale conosco: info@oblatas.org.br Tel: 11 2673-9069