O que fazemos
Belo Horizonte/MG
Salvador/BA
Juazeiro/BA
Sto Amaro-São Paulo/SP
Centro Vocacional Oblata
Acompanhamento Vocacional
Depoimentos
Divulgação
Países
Sobre Padre Serra
Abertura do Bicentenário
No Brasil
Artigos
Pesquisas
VII Encontro -2009
VIII Encontro - 2010
IX Encontro - 2011
Tráfico de Pesssoas
Encontro da Rede
Unidades Oblatas
Capítulo Provincial
Seminário
Comunicação
Encontro da Rede Oblata
Projetos Mundo
Projetos Brasil
Diga NÃO à violência contra Mulher
Capacitação
Outros
Comunidades
Comemorações
Cirandas Parceiras
Projetos Oblatas
Compartilhai
Jornal da Rede Pastoral Oblata
Pastoral da Mulher de Belo Horizonte - MG
Pastoral da Mulher de Juazeiro - BA
Economia Solidária
Tráfico de Seres Humanos
Prostituição
Violência Contra a Mulher
Jornal da Rede
Comunidade
Celebrações
Cursos
Oficinas
Sensibilização
Igreja do Brasil
Cidadania
Direitos Humanos
Gênero
Projetos Pastorais
Cultura
Igualdade

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Prostituição feminina é abordada em Seminário

O seminário voltado para agentes sociais, instituições governamentais, ONG's, estudantes, membros de movimentos feministas e comunidade em geral.

Depois do comércio de armas e de drogas, a prostituição é o terceiro negócio mais difundido e lucrativo no Brasil, e em crescimento constante. Em Minas Gerais, existem mais de 1,8 mil pontos suspeitos de exploração sexual e tráfico de mulheres. Só no hipercentro de Belo Horizonte encontra-se mais de 2.000 mulheres em situação de prostituição.

 

Preocupados com essa situação a Pastoral da Mulher de Belo Horizonte, ligada à Rede Oblata, realizará nos dias 29 e 30 de agosto o seminário “PROSTITUIÇÃO FEMININA: ENCANTOS E ARMADILHAS”, que tem como objetivo possibilitar à sociedade o conhecimento dos desafios e contrastes em que estão inseridas as mulheres em situação de prostituição e refletir sobre este fenômeno que se situa nas intersecções entre sexualidade, economia, trabalho, poder, moral e relações de gênero.

 

O seminário voltado para agentes sociais, instituições governamentais, ONG"s, estudantes, membros de movimentos feministas e comunidade em geral, é parte integrante das comemorações dos trinta anos da referida Pastoral em BH, e contará com as seguintes palestras: “Legalização da prostituição?”, proferida pela Drª Delze dos Santos (Mestra em Direito Constitucional pela UFMG e Professora da Escola Superior Dom Helder Câmara); “A dor e o estigma da puta pobre”, proferida pela Dra. Patrícia Castro Mattos - Doutora em Sociologia pela Unb e Professora da Universidade Federal de São João Del-Rei ; “Mulheres da região central de BH: identidade, trabalho e território”, proferida pela Dra. Juliana Gonzaga Jayme - Doutora em Ciências Sociais pela Unicamp e Professora da PUC Minas; “Megaeventos, turismo sustentável e infância protegida” – proferida por Helyzabeth Kelen Tavares Campos - Ponto Focal de Minas Gerais no Comitê Nacional de Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes; “Tráfico de seres humanos para fins de exploração sexual: realidade no Brasil” – proferida pela Ir. Roseli Consoli, integrante da Rede Talitakun e da Rede “Um Grito pela Vida” – Rede Brasileira de Religiosas contra o tráfico de pessoas; e por fim a palestra “Tráfico de pessoas: lugar teológico, clamor ético, missão da Igreja”, proferida pelo Dr. Elio Gasda - Doutor em Teologia e Professor da Faculdade Jesuíta de Teologia e Filosofia.

         De acordo com Consoli, “O Tráfico de seres humanos para fins de exploração sexual tem alcançado uma dimensão alarmante no Brasil, tendo inclusive, envolvido inúmeras rotas do no Estado de Minas Gerais, onde o avanço da prostituição cresce cada vez mais,  fazendo-se necessário debater este tema com a sociedade”.

O seminário concederá certificado aos participantes e acontecerá no edifício-sede da Caixa de Assistência dos Advogados, e os interessados deverão realizar uma pré-inscrição pelo site www.oblatas.org.br ou pelo telefone (31) 3272-7349.

 

 

Fonte: Ascom/Rede Oblatas

Voltar 


abril 2018
 DSTQQSS
S1234567
S891011121314
S15161718192021
S22232425262728
S2930     









 

Busca:
 

Na sua opinião, por que as mulheres estão curtindo sexo anal?

 
 

 


Home . Apresentação . Histórico . Mística . Missão . Cadastre-se . Localização . Links . Trabalhe Conosco . Contato
Copyright 2006 – Instituto das Irmãs Oblatas do SSmo Redentor - Todos os Direitos Reservados
fale conosco: info@oblatas.org.br Tel: 11 2673-9069